Desembarquei em Faro, a capital do Algarve.

Emoção forte, saudades doídas do amor. Abraço esperado e foi tãotão bom que eu não parava de abraçar.

Fui recebida assim, felizfeliz total. E tanto carinho trouxe também uma ducha redentora, já inesquecível.

A estrada nos trouxe à Lagos.

Aí, ahhhhh aí!, a rotunda nos fez submergir na surpresa que é essa cidade.

Secular que é, foi fortificada e é dentro dessa muralha remanescente que estou, estando, também, a beira mar.

A cidade tem um Santo, São Gonçalo de Lagos, que morreu no séc XV. Tem uma entrada que leva o nome dele, tem capelinha e tals, porque acredita-se que foi ali que ele nasceu.

Deve ter feito milagres, visto que é Santo. Mas que deve ser incrível ser Santo dessa cidade linda, ahhhhh, deve sim.

Aqui dentro da Muralha, cidade velha, vielas e mais vielas levam tortuosa mente os caminhantes rumo ao mar, praia belíssimas, falésias incríveis em formato e cores.

Comecei hoje, segunda feira, minha aventura por aqui. Praia da Batata.
Tem muito por vir.

Sempre acompanhada pelas gritantes guardiãs aladas, as gaivotas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.