Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu negociou reajuste salarial na Fiesp

0
319
As advogadas da Fiesp, Maria Clara e Verusca, com os sindicalistas de Botucatu Fabiano Roque,José Carlos Lourenção, tesoureiro, Miguel Silva, presidente do Sindicato,  o advogado Samir Zacharias e Sergio Ruiz, diretor do Sindicato | Foto Divulgação Sindicato
Os dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu participaram na manhã desta sexta-feira, 4, de uma reunião para definir o reajuste salarial e benefícios sociais para os trabalhadores da Embraer.
A negociação com diretores da Federação das Industrias do Estado de São Paulo envolve os sindicatos de Botucatu, São José dos Campos e Gavião Peixoto.
A campanha salarial em Botucatu vem mobilizando o Sindicato dos Metalúrgicos faz mais de quinze dias. Já foram realizadas panfletagens e assembleias na porta da empresa, no Distrito Industrial, no Aeroporto.
Segundo informou o diretor do Sindicato e funcionário da Embraer, Fabiano Roque, os trabalhadores estão reivindicando o INPC de 12 meses, em torno de 2,2% e 5% de aumento real.
A categoria também pretende incluir 4.67% do ano passado, aprovado mas não pago pela empresa.
Também é negociado a manutenção das cláusulas trabalhistas existentes.
A Embraer de Botucatu faz todas as estruturas dos aviões civis, militares e agrícolas da companhia e emprega aproximadamente duas mil pessoas.
Após o encontro a Fiesp vai se reunir com a diretoria da Embraer para apresentar as reivindicações. Um novo encontro será agendado após posicionamento da companhia.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.