Café também é história, com lendas e muitas polêmicas

0
50
Diz a lenda que nos séculos passados, o café foi introduzido na Itália e o fato do fruto ser consumido por muçulmanos e descrentes, além de ter propriedades químicas, capazes de alterar o estado psíco-interno do ser humano, logo foi visto pelos cristãos como a ‘bebida de satanás’ feita para os infiéis e pecadores.
Então uma multidão de sacerdotes italianos se reuniram e foram pedir insistentemente ao Papa Clemente VIII, que proibisse o consumo de café, pois era uma bebida embriagadora, excitante e misteriosa, criada pelo demônio para espalhar o mal na terra.
Antes de tomar sua decisão diante de todos aqueles pedidos e apelos, para que se proibisse o consumo do ‘líquido do diabo’, o Papa pediu para provar uma xícara de café da melhor qualidade e passou um tempo ali degustando aquela bebida, sentindo seus efeitos, e então foi ai que ele chamou todos aqueles cristãos e disse que o café seria liberado para o consumo de todos os fieis e cristãos, pois a bebida era deliciosa, e seria uma pena deixar que ‘Satanás’ apreciasse tal líquido precioso sozinho.
Ele abençoou o café, e foi ai que milhares de cafeterias começaram a surgir e tomar conta de toda a Europa.

QUEIXA DAS DONZELAS, JÁ OUVIU FALAR SOBRE ELAS?

No livro Chefs Café, existe uma curiosidade polêmica e um tanto cômica. Dizem que na época de 1674 o café chegava a Londres, causando um verdadeiro alvoroço na sociedade Londrina. Surgira assim inúmeras cafeterias luxuosas, cada uma com seu charme e arquitetura impecável, ”o cheiro de café passeava pelas ruas de chapéu e paletó”.
Mas nem tudo era tão agradável assim, a novidade das cafeterias não agradou as mulheres, deixou a maioria das damas enfurecidas, que assim criaram e assinaram um manifesto contra o café, que foi nomeado de ’’ QUEIXA DAS DONZELAS ”.
Nesse manifesto elas acusavam a bebida de ser prejudicial ao desempenho sexual de seus maridos, com um documento que dizia sem pudor nenhum:
‘’- Quando chegam em casa, nossos galantes não tem nada úmido a não ser o nariz, nada rígido fora as juntas, e nada em pé além das orelhas‘’.
Mas havia um fato que as damas e senhoras desconheciam, elas não imaginavam que as cafeterias londrinas possuíam 2 andares, o andar de baixo era destinada ao consumo de cafés e reuniões, mas o andar de cima era utilizado por prostitutas, para atender os seus clientes com descrição.
E assim quando os homens chegavam em casa e eram cobrados sexualmente por suas esposas, a resposta dada a elas era sempre a mesma:
‘’- Desculpe querida! Tomei café com os amigos’’.
E assim, o café que não tinha nada a ver com o desempenho sexual masculino, levou a fama de vilão por um certo tempo.
E essas são algumas curiosidades que o nosso café possui, existem milhares delas, vale a pena conhecer a história do nosso 2 principal produto de comercialização.
E todos sabemos que o café é estimulante, seu consumo afeta diretamente a área do cérebro destinada a nos fazer sentir prazer.
Tome Café!!! Sinta a vida!!!

  • Rafaela Dutra é Barista e consultora no setor, certificada na Coffee Lab e colaboradora do Botucatuonline.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here