Vereador vai pedir investigação sobre preço e cartel do gás

1
1930
O vereador de Botucatu Abelardo Costa Neto anunciou que na segunda-feira, dia 6, vai procurar o Ministério Publico da Comarca para denunciar os valores cobrados na cidade. 
“Em Botucatu é um abuso o valor que o cidadão paga no gás de cozinha. É tudo do mesmo dono e tem uma ou duas empresas que não são do mesmo grupo que vende mais barato, uma perto do Asilo e outra na região da COHAB I. Eu até faço publicidade de graça pra eles em meu programa na tv e na radio”, contou.
LEIA TAMBÉM:
Gas em Botucatu entre os mais caros do Estado

 

Abelardo conta que no encontro desta segunda-feira, vai saber se existe a possibilidade de o Ministério Publico investigar o que está acontecendo na cidade, com os valores estratosféricos cobrados do consumidor. “Não consigo entender como é mais barato na região e aqui, assim como o combustível, é alto demais”.

DIG AINDA INVESTIGA CARTEL DO COMBUSTÍVEL

O Ministério Publico e a DIG estão investigando há mais de um ano a existência de cartel na cidade.
O relatório final está aguardando alguns dados que a Receita Federal e Secretaria da Fazenda ficaram de encaminhar, referente a dúvidas envolvendo a operação de comercialização do combustível em Botucatu, desde o momento da saída do produto na distribuidora em Campinas até a bomba do posto na Cidade.
“É um trabalho que estamos trabalhando há algum tempo e estamos aguardando uma série de respostas a questionamentos que fizemos a órgãos como Receita Federal e Secretarias de Governo. É um trabalho de grande dimensão com muitos detalhes a serem preenchidos”, informou o delegado Geraldo Franco.
Questionado se não estava junto algo relacionado à possibilidade de cartelização também no gás de cozinha, o delegado afirmou que as investigações são exclusivas para os combustíveis. “Não foi solicitado nessa investigação em andamento nada relacionado ao gás de cozinha, apenas para os combustível”, destacou.

(com informações jornal Leia Noticias)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.