Cidadão do MS lança ideia de Botucatu deixar de ser Município para virar Estado do Brasil

2
1642
Botucatu já foi metade do Estado de São Paulo e atualmente está entre os 10 maiores municípios paulista em extensão territorial. Agora imagine Botucatu se tornar um Estado Brasileiro. 
Ideia nesse sentido foi formulada no Senado Federal por um cidadão do Mato Grosso do Sul, identificado como Gustavo Porto Fernandes.
No passado, era considerado Município de Botucatu, toda faixa territorial até o Paraná e Mato Grosso do Sul, incluindo cidades como Ourinhos, Avaré, Assis, Presidente Prudente, Marília e Bauru, entre outras cidades.
O matogrossense Gustavo Porto Fernandes, que não tem outras referencia no site do senado, defende a promoção da cidade de Botucatu para unidade federativa brasileira e argumenta que seremos um dos melhores estados do Brasil.
“A cidade de Botucatu que tem uma área de 1.483 km² e PIB superior a diversos estados, está preparada para se tornar um estado, para promover um governo federal mais forte e o Brasil do futuro!” escreve no pedido.
“Em 1960 foi criada a capital do Brasil, Brasília. Em 1975 o estado de Guanabara foi incorporado ao estado do Rio de Janeiro, em 1981 foi criado o estado de Rondônia, em 1988 foi criado o estado de Tocantins; em 2018 será criado o estado de Botucatu! O estado mais prospero do Brasil.”, enaltece.
O site do senado informa que o pedido para se tornar ideia legislativa precisa de 20 mil assinaturas online. Ate o fechamento desta matéria existiam 1048 apoios.
A ideia e proposta do matogrossense não estabelece onde começa e termina o Estado de Botucatu, nem quem vai defender no senado a ideia.
A data limite para encaminhamento da proposta é o dia 13 de abril, por acaso, véspera de aniversário de emancipação político administrativa de Botucatu. Até lá, para a ideia ser votada, é preciso 20 mil assinaturas.

(com informações do Senado e Jornal Leia Noticias)

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.