Atualizado às 21h26
Uma forte chuva com vento e granizo caiu sobre Botucatu por volta das 16 horas desta quinta-feira, 18, provocando quedas de arvores em vias públicas e galhos em praças e quintais da cidade, além de provocar alagamentos em residências. A chuva durou aproximadamente 15 minutos.
Na Rua Jornalista Pedro Chiaradia, no Jardim Santa Mônica (foto), uma árvore literalmente foi deitada na calçada com a força dos ventos. Nessa região os moradores reclamaram do vento forte e de granizo, além de falta de energia por aproximadamente 15 minutos.
Na região central, houve queda de energia diversas vezes. A CPFL divulgou informação de que 27 mil pessoas ficaram sem energia na cidade.
Até mesmo os celulares ficaram mudos, em determinados momentos antes da chuva, devido aos raios que derrubaram a energia e depois com o vendaval.
Também foi relatado casos de interrupção de sinais de tv e internet a cabo e internet da telefônica/Vivo.
A interrupção da energia e serviços de televisão e internet aconteceu devido a diversas árvores e galhos que caíram sobre a fiação e também atingindo veículos que estavam estacionados embaixo das árvores. Antes da chuva o dia foi de muito calor e umidade alta, aumentando a sensação térmica de calor.
Essa Chuva, segundo mostrou o radar da Aeronáutica – em São Roque, atingiu praticamente toda a cidade de Botucatu, sendo que o núcleo mais forte da tempestade atingiu diretamente a região central, oeste e sul, incluindo o distrito de Rubião Junior.
Boa parte do atendimento da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros aconteceram no Bairro Alto.
Na região da Pinacoteca o vento também derrubou galhos sobre veículos.

 

Naquela região, no Jardim em frente à Catedral também houve queda de galhos de árvores.
Próxima ao Ginásio Municipal ocorreu queda de arvores, que não resistiram à pressão dos ventos.
Em frente à Delegacia Seccional uma árvore com mais de 30 anos caiu em cima de um veiculo.
Novamente ocorreu alagamento, mas em menor dimensão, no elevado Bento Natel, que liga a região Central à Vila dos Lavradores e Antártica e em diversos pontos da região central, incluindo as avenidas.
A Defesa Civil de Botucatu informou o atendimento de reclamações de pelo menos 11 quedas de árvores e galhos em diversos pontos da cidade.
A Defesa Civil, Bombeiros, CPFL e Secretaria de Infraestrutura priorizaram atendimento em áreas como hospitais e residencias com UTIs móveis ou equipamentos médicos para pacientes crônicos e na zona rural, áreas de criação de animais confinados.
As primeira das 11 árvores retiradas pela Secretaria de Infraestrutura da prefeitura que estavam bloqueando o trânsito, foi na Rua Jose Dall Farra, proximo ao PA da Unimed. A outra no Jardim Santa Monica.
Atualizado às 21h26

As imagens e videos são de leitores do Botucatuonline.com

Envie suas imagens para redacao@botucatuonline.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.