Centenas de botucatuenses passaram a noite sem energia elétrica em diversos pontos da cidade, após o vendaval que atingiu Botucatu na tarde de quinta-feira, dia 18.
“Um absurdo ficarmos tanto tempo sem energia assim. Já são mais de 15 horas sem energia”, escreveu na Cristiane Giovane Rodrigues, na rede social. Ela reside na região da Vila dos Médicos. O vendaval aconteceu por 15 minutos e começou por volta das 16 horas.
O problema relatado por Cristiane na rede social é o mesmo para a maioria das 27 mil famílias que ficaram sem energia na cidade. Além da região Central, Bairro Alto e Vila dos Lavradores foram registradas interrupções de energia  em bairros como Recanto Azul, Vila dos Médicos, Jardim Paraiso e Lavapés.
A fornecedora de energia revelou que a maioria dos pontos de abastecimento foram restabelecidos por volta das 21 horas de quinta-feira, dia 18.
A CPFL informou que suas equipes estão trabalhando desde a tarde de ontem para restabelecer o abastecimento, mas como em alguns pontos a queda de árvores derrubou fios em diversos locais na mesma rua, provocando a demora na substituição dos cabos e religamento do serviço.
“Temos equipes da Secretaria de Infraestrutura, CPFL, Bombeiros, Telefônica/Vivo e empresas de internet a cabo trabalhando em diversos pontos de Botucatu”, disse Marcos Leite, Coordenador da Defesa Civil em entrevistas que deu na manhã de hoje, 19, nas emissoras de rádio da cidade.
Na área urbana o vento forte derrubou galhos e arrancou árvores. Pelo menos cinco veículos foram atingidos com galhos e troncos de árvores que não resistiram ao vendaval com granizo. Dez árvores foram retiradas pela Secretaria de Infraestrutura, revelou Leite.

CONFIRA ALGUMAS IMAGENS

O vento forte arrancou fachadas e toldos de estabelecimentos comerciais. O caso mais visível no centro da Cidade foi a fachada da Casas Bahia, na Rua Amando de Barros que foi arrancado do prédio. Houve ainda destelhamento de residências e a força do vento chegou a arrancar calhas de imóveis residenciais e comerciais.
Ocorreram alagamentos em diversas ruas, como Amando de Barros e Avenida Jaguaribe, trechos da Avenida D. Lúcio e Curuzu.
Em praticamente todas as praças do Centro e região Sul, Oeste e Leste houve queda de galhos e arvores

 Video mostra a força do vento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.