Na semana passada, na sexta-feira, na avenida Vital Brazil,  um deficiente físico de Botucatu foi obrigado a descer do ônibus se arrastando, devido a falta de funcionamento do elevador de cadeirantes.
Passageiros e funcionários da Empresa Sao Dimas auxiliaram o deficiente, que ainda estava usando uma bolsa de coleta clinicas, a descer do ônibus.
O deficiente fisico sentado no chão do ônibus orientou os auxiliares a descerem primeiro a cadeira, para que ele pudesse se acomodar após se arrastar pelo onibus.
– “Pouca vergonha isso. O cara (fiscalização) olha motor, pneus, olham tudo, mas não olham essa porra de elevador”, protestou o passageiro ao se despedir dos funcionários da empresa e passageiros que lhe auxiliarem a descer do ônibus sem elevador.
A maioria das reclamações dos deficientes fisicos em Botucatu é contra a falta de funcionamento do equipamento que em tese é obrigatório e deve estar funcionando em todos os onibus.
Não foi divulgado por parte da Semutran, aplicação de qualquer penalidade à empresa São Dimas. O veiculo havia sido recolhido para vistoria e foi liberado com a posição da empresa em resolver o problema.

Olha o absurdo que é os nossos transportes em Botucatu uma falta de respeito com nossos amigos cadeirantes

Posted by Madalena Chagas on Thursday, January 25, 2018

(video da rede social)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.