O PSOL – Partido do Socialismo e Liberdade, informou nesta terça-feira, 6, que protocolou no Cartório Eleitoral de Botucatu milhares de apoios em um abaixo assinado que será protocolado na Câmara Municipal defendendo o transporte coletivo de graça, pago pelo contribuinte com imposto municipal para todos os usuários, semelhante ao que acontece em mais de 10 cidades brasileiras.
O documento divulgado na rede social informa que 1,4% do orçamento de Botucatu seria usado no pagamento dos custos da operação (motorista, combustível, óleo, mecânicos e veículos novos). O orçamento de Botucatu neste ano é de R$ 318 milhões.
Atualmente entre 45 e 50% das passagens em Botucatu recebem subsídios para estudantes, carteiros, policiais, pessoas em tratamento médico, idosos e deficientes, entre outros. Com a lei aprovada a prefeitura estará pagando mais 35 centavos para cada passagem do usuário, como forma de subvencionar a operação da empresa de ônibus.
“Servidores municipais, estudantes, aposentados, comerciários, mães e pais de Botucatu (…) Com apenas 1,4% do que é gasto todo ano pela Prefeitura de Botucatu, se fosse direcionado para subsidiar o ônibus, garantiriam ônibus gratuito a todo trabalhador e a cada pai e mãe, estudante e aposentado, e assim toda cidadã e cidadão botucatuense ficaria livre para se mover, ir e vir na cidade, enfrentando a crise e o desemprego com mais dignidade e renda em seu bolso para investir em sua família”, sustenta o documento.
O abaixo assinado antes de ser apresentado na Câmara para votação dos vereadores vai passar por uma checagem dos nomes dos eleitores no Cartório Eleitoral de Botucatu. Mais de duas mil pessoas assinaram o documento.

(com jornal Leia Noticias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.