Dirigentes e militantes do PT de Botucatu e de cidades da região viajaram ontem (11) à noite para Curitiba, onde participar da chamada vigília contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado a 12 anos na Operação Lava Jato, por causa de um triplex que seria uma “comissão” da Odebrechet, segundo denuncia de um ex-executivo dessa empresa.
Conforme informou Everaldo Rocha, presidente do PT botucatuense, os diretórios da Macro Região que envolve Bauru, Jaú, Botucatu e Avaré, levarão um ônibus de filiados que vão acampar na sexta, sábado e retornam no domingo para as suas cidades. Ao todo a chamada Macro-Bauru tem 52 municípios.
O ônibus com a delegação de petistas na região saiu de Bauru e parou na cidade de Lençóis Paulista, onde militantes de Botucatu, Avaré, Jaú e outras cidades embarcaram rumo ao Paraná, uma viagem de quase 8 horas.
“De Botucatu vão cinco companheiros que estão de férias ou são aposentados. Nosso objetivo é prestar solidariedade ao nosso ex-presidente e também chamar a atenção da sociedade para o que entendemos de perseguição política”, afirmou o dirigente petista.
Everaldo informou que desde a prisão de Lula, no último final de semana, militantes de todo o Brasil estão se mobilizando para mostrar a indignação da perseguição ao ex-presidente enquanto outros acusados na Lava Jato e no Petrolão, de outros partidos não são presos.
“Muitos filiados de Botucatu estiveram em São Bernardo do Campo, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos e agora iremos para Curitiba nessa vigília permanente. Pessoas filiadas a outros partidos democráticos também estarão viajando conosco”, salientou o petista.

DEPUTADO

O Partido dos Trabalhadores de Botucatu vai analisar nas próximas semanas a possibilidade de indicar um candidato a deputado estadual. No final do ano passado circulou a informação de que o ex-candidato a prefeito, Erick Facioli, disputaria a eleição, mas o professor de jornalismo reviu a decisão e não deverá disputar o cargo.
“Com isso o partido passa a analisar outros nomes do diretório para lançarmos a candidatura a deputado estadual como fazemos desde a fundação do partido na cidade”, confirmou.
Agora os nomes ventilados são: Catia Fonseca Pinho, que foi candidata a vice-prefeita com Erick, médica da Unesp, Janete, vinculada ao movimento social, Carlos Ramos, ex-presidente do PT e Nara Rubio, ex-candidata a vereadora.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here