14

Na manhã de quarta-feira (9), a Região Turística do Pólo Cuesta recebeu a visita do coordenador de Turismo do Estado de São Paulo, Vanílson Fickert. O encontro foi realizado no Museu Histórico e Pedagógico “Padre Manoel da Nóbrega” em São Manuel.
O evento teve as presenças dos prefeitos Ricardo Salaro de São Manuel e Dirceo Antonio Leme de Melo, de Bofete. Também participaram e resentantes das cidades de Anhembi, Avaré, Botucatu, Ipatinga, Paranapanema, Pardinho, Pra Tânia e técnicos do SENAC Botucatu.
A pauta da reunião abordou as ações do Pólo Cuesta para 2018, readequação da sinalização do projeto Ciclo turismo da Cuesta, continuação da construção do Plano Regional de Turismo realizado em parceria com o SENAC de Botucatu e também as informações sobre todo o processo do MIT – Município de Interesse Turístico.
Vanílson Fickert ressaltou a importância das cidades fazerem parte de uma região turística, e destacou ainda que o Pólo Cuesta é uma das mais antigas regiões turísticas do Estado de São Paulo, o que certamente beneficia os municípios associados, segundo destacou a assessoria de imprensa do Polo Cuesta.
Dentro do Pólo Cuesta, três municípios são estâncias turísticas: Avaré, Barra Bonita e Paranapanema e duas cidades já foram certificadas com o título de MIT, Bofete e Pardinho. Outras três estão para serem analisadas em breve no caso de Anhembi, Botucatu e São Manuel.
“Acompanho o Pólo Cuesta desde seu início ele é uma ferramenta extremamente importante na regionalização e está conosco destes 2005, foi é uma das cinco primeiras regiões turísticas do Estado de São Paulo, referência e um grande parceiro da Secretaria do Estado de Turismo em projetos, feiras e eventos. Acredito que todos os municípios que compõem o Consórcio têm condições de se tornarem Mês até pelo trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Pólo ao longo dos anos que é uma região turística muito organizada”, ressalta Vanilson.
O prefeito de São Manuel, Ricardo Salaro destacou a importância dos municípios pensarem de forma coletiva e destacou a força das regiões como na questão do Pólo Cuesta.
“Temos uma região com vocação para o turismo tanto nas belezas naturais, atividades de artesanato, cultura, eventos religiosos e de aventura. O turismo é grande saída para a maioria dos municípios em relação à economia de geração de emprego e renda, vamos trabalhar para desenvolver cada vez mais nossa região e transformá-la em um grande polo turístico”, destaca.
Após a reunião o coordenador de Turismo do Estado de São Paulo, Vanílson Fickert realizou visitas técnicas nas cidades de Botucatu e São Manuel, que buscam a certificação do MIT.
Em São Manuel, acompanhado do Diretor de Turismo, Thiago Donini o coordenador pode constatar o potencial e a vocação do turismo religioso e cultural da cidade.
Já em Botucatu, a visita foi realizada com a presença do secretário adjunto de Turismo, Augusto Tecchio e a assessora, Luciana de Andrade. Na oportunidade, Vanilson verificou de perto tudo que foi apresentado no plano diretor do Município como a parte histórica e as belezas naturais da cidade.

 

(da assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.