Os consumidores botucatuenses somaram mais de R$ 160 mil em débitos no mês de maio, conforme consta nos dados da União ACE-CDL e da Boa Vista SCPC, empresa que administra o cadastro do credito brasileiro.
No período do mês foram registrados, 362 débitos de 228 cadastros de Pessoa Física (CPF).
A maior parte das dívidas (R$ 145.903,23) refere-se à inadimplência com até doze meses de registro de débitos.
Já R$ 11.790 estão em pendências com vinte e quatro meses de inserção no sistema do Boa Vista SCPC.
Quanto ao gênero, homens ainda concentram o maior volume de dívidas frente às mulheres Foram 154 registros pra homens e 74 negativações para mulheres.
Solteiros detêm o maior número de débitos não-quitados (200) em comparação aos consumidores casados, com 28 inserções ao sistema.
Por faixa etária, os maiores registros ocorrem em consumidores na faixa dos 31 aos 40 anos, acumulando R$ 52.087,99.
A segunda maior prevalência de inserções no sistema Boa Vista SCPC está entre pessoas acima dos 50 anos, com total de R$ 33.447,27 em débitos com inadimplência.
Os dados refletem aumento no número de débitos em comparação com o mesmo período do ano passado, quando R$ 77 mil deixaram de ser quitados por consumidores botucatuenses.
Naquele mês, dívidas na faixa dos R$ 101 a R$ 500 representaram R$ 38.421 a menos na economia local.
A União ACE CDL, entidade representativa da indústria, prestadores de serviços e comerciantes em Botucatu, oferece soluções para análise e recuperação de crédito, conforme divulgou a assessoria de imprensa da CDL.
Entre as novidades, a entidade implantou um sistema online, no site da entidade (www.cdlbotucatu.org.br) para a inclusão e exclusão de registros de débitos.
Consultas presenciais ao sistema da Boa Vista SCPC podem ser efetuadas de segunda à sexta-feira, das 8 às 18 horas e aos sábados, das 9 às 12h40.

 

(da assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.