Escolas de Botucatu recebem novo ciclo do projeto Samuzinho

0
63
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) – regional Botucatu, serviço gerenciado pela Fundação UNI em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, iniciou mais um ciclo de atividades do projeto “Samuzinho”.
Até 28 de junho, 16 escolas municipais serão visitadas por equipes de profissionais do SAMU, que este ano estará ao lado do projeto “Patrulha da Paz”, da Guarda Civil Municipal (GCM).
Iniciado em 2014, o projeto Samuzinho tem contribuído, ano a ano, a promover a educação em saúde junto aos alunos do Ensino Fundamental (alunos de 4º e 5º ano) de Botucatu e  esclarecer dúvidas sobre a importância da atuação do serviço pré-hospitalar dentro da Rede de Urgência e Emergência.
Neste contexto destaca-se a diminuição substancial do número de trotes feito ao SAMU. Antes de iniciar o projeto, o serviço chegava a registrar mais de 1.800 trotes por ano.
A título de comparação, em 2017, foram cerca de 800. Ou seja, queda de mais de 50%. Para se ter idéia, o índice de trote ao SAMU-192 Botucatu corresponde a 2% dos chamados, que hoje somam cerca de 2.600 ligações por mês.
“Além das consequências dos trotes, a gente explica como o serviço funciona na prática. Tira dúvidas sobre primeiros socorros. Exibe vídeos de prevenção à acidentes domésticos. Realiza um quizz sobre quais casos são de urgência/emergência, isto é, em quais casos precisa chamar o SAMU. E no final do encontro, organizamos um teatro, simulando uma situação em que a criança esteja ligando, precisando do serviço”, detalha a Enfª Priscila Masquetto Vieira de Almeida, coordenadora regional do Samu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.