A Prefeitura de Botucatu, a Caixa Econômica Federal e a Construtora Ecovita, responsável pela construção do Residencial Paratodos, realizarão no próximo dia 21, sábado, às 10 horas, a entrega das 337 unidades habitacionais do mais novo bairro da Cidade.
A entrega foi confirmada após uma reunião no Gabinete do Prefeito Mário Pardini, em que a empresa apresentou o cumprimento dos últimos trâmites necessários sob sua responsabilidade, na manhã desta quinta-feira.
“Todo o processo burocrático foi cumprido e todas as casas já foram inclusive vistoriadas para a checagem de qualquer problema. Quem quiser já poderá levar a mudança no dia seguinte ao dia 21 e iniciar a vida nova”, afirmou Artur Sampaio, diretor da Ecovita.
O Residencial Paratodos ocupará área total de 14.814,48 m², nas margens da Rodovia Gastão Dal Farra, ao lado do Residencial Maria Luiza.
As unidades serão entregues com infraestrutura completa: água, sistema de coleta de esgoto, pavimentação asfáltica, energia elétrica, guias e sarjetas, iluminação pública e drenagem de águas pluviais.
Cada unidade terá 44,04m² (lotes de 200 m²) e contará com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O diferencial fica por conta do acabamento: piso cerâmico na casa toda, esquadrias de alumínio, cobertura de telhas cerâmicas sobre estrutura metálica e azulejos na cozinha e banheiro com 1,5m de altura. 
O contrato entre Construtora Ecovita e os moradores foi assinado em janeiro de 2017, tendo a empresa 24 meses de prazo para a entrega a partir dessa data.

Mutuários avaliaram ocupar antes os imoveis

No final da semana passada surgiram boatos de que diversos proprietários de imoveis com contrato assinado na CEF estariam passando por dificuldades com os imoveis alugados que estão com o contrato de aluguel vencendo e enfrentando pressão para sair das residencias.
Na falta de onde ir, alguns mutuários consideraram a possibilidade de ocupar antecipadamente as casas do Residencial Paratodos, conforme apurou a reportagem.
Um grupo de mutuários no whatsapp do Paratodos negou a existência de pessoas com interesse de ocupar antes da empresa liberar os seus imoveis. 
  

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.