Morre Jorge Adib, ex-radialista em Botucatu e diretor da Globo

0
93
Ele estava internado desde sexta-feira (20) no Hospital Samaritano, em Botafogo, Zona Sul do Rio onde morreu de câncer, aos 89 anos. Jorge Adib deixa três filhas. Adib, como era conhecido, foi convidado por Joe Wallach para estruturar o merchandising da Globo, em 1978.
A primeira experiência na Globo foi na novela Dancin’ Days, de Gilberto Braga. Jorge Adib também dirigiu por um período, a Globotec e foi diretor da Rio Gráfica Editora, onde ficou por cinco anos. Adib também negociava a compra e exibição dos filmes na Globo.
Em 1987, ele assumiu o cargo de diretor de vendas da Globo Internacional. Adib trabalhou na TV Globo até o final da década de 1990.
Em 2000, ele participou na pesquisa e como co-autor do livro 50 anos de TV no Brasil, da Editora Globo, ao lado de Edwaldo Pacote e Carlos Alberto Vizeu. A coordenação do livro foi de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni.
Filho de imigrantes libaneses, Jorge Adib nasceu na cidade de Xavantes, no interior de São Paulo, em 26 de julho de 1928.
Ele começou a trabalhar como discotecário da Rádio Emissora de Botucatu, interior de São Paulo, aos 17 anos. Depois, foi locutor e montou o programa Predileção dos Ouvintes.
Aos 21 anos, foi para a capital paulista, passando a trabalhar como radioator. Em 1950, participou da inauguração da TV Tupi, primeira emissora de televisão do país.
Em 1958, foi convidado para assumir a direção de rádio e TV da agência Multipropaganda, responsável pela negociação dos filmes e séries exibidos pelas TVs da época.

 

(do G1.com)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.