Fernando Cury em campanha na Amando de Barros | Foto: Assessoria/Cleber Novelli
O deputado Fernando Cury foi reeleito neste domingo com expressiva votação na Cidade e no Estado.
Por outro lado, Milton Monti, deputado federal do PR não conseguiu votos suficientes e não se reelegeu, ficando na primeira suplência entre os parlamentares federais do PR.
Fernando Cury – PPS, conseguiu 12.093 votos a mais que na ultima eleição, em 2014, em todo o Estado. Ele foi o mais votado do PPS.
Em 2014, disputando pela primeira vez, Fernando obteve 85.924 votos e nesta chegou a 98.018 votos no Estado, garantindo a sua reeleição (com 98,78% das urnas apuradas).
Ele recebeu neste domingo, 38.622 votos em Botucatu. Em 2014, o deputado teve 38.940 (318 votos a mais).
Milton Monti, deputado federal com muitas obras propostas ou encaminhadas por ele para o Município, perdeu mais de 20 mil votos entre a eleição de 2014 e a de 2018.
Em 2014 Milton Monti-PR, obteve 115.941 votos no Estado e encerrado o horário de votação, neste domingo, dia 7 de outubro, foram contabilizados 61.398 votos a menos quê o necessário para garantir uma vaga de deputado federal. Miltinho teve apenas 54.543 votos no Estado de São Paulo.
Em 2014 os eleitores de Botucatu dedicaram 21.248 votos ao deputado Monti. Em 2018 foram cerca de 8,3 mil votos. Miltinho também teve redução de votos em São Manuel, sua cidade natal.

A votação dos demais candidatos de Botucatu:

Giovanni Mockus (Rede-estadual) – 3.387 votos
Daniel Carvalho (PSOL-Federal) – 1.700 votos
Fernando Espanhol (MDB-Estadual) – 178 votos
Jean de Brito (AVA-Estadual) – 1.363 votos

 

(Com Leia Noticias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.