Famoso por seus ballets, o compositor russo Tchaikovsky escreveu apenas um concerto para violino. A obra é considerada uma das mais difíceis para ser executada no instrumento.
E os botucatuenses terão a chance de assisti-la ao vivo, no palco do Teatro Municipal Camilo Fernandez Dinucci, no majestoso Concerto de Natal da Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu (OSMB). A apresentação acontece neste domingo (16), às 19h30.
Além do repertório de peso, a noite reserva grandes convidados. O primeiro é a Orquestra Jovem Municipal de Botucatu, responsável pela abertura com clássicos natalinos.
Em seguida, os músicos da OSMB interpretam o famoso Concerto para Violino e Orquestra in Re major Op.35 de Tchaikovsky junto com o solista convidado Mizael José da Silva Júnior, da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.
“Embora o Concerto de Tchaikovsky não seja uma obra natalina, é um presente de Natal da orquestra para a população, porque as pessoas de Botucatu estão degustando cada vez mais a cultura da música”, destaca o maestro da OSMB, Fernando Ortiz. “É uma obra que cativa a todos”, acrescenta.
Para finalizar, suítes natalinas completam o concerto, que tem entrada franca. No domingo, a partir das 17h30 a bilheteria do teatro estará aberta para a retirada dos ingressos.

Grande expectativa

Orquestra Sinfônica Municipal de Botucatu | Divulgação
A expectativa para o concerto já toma conta não somente do público, mas dos próprios músicos da OSMB.
“A orquestra vai começar com uma pequena introdução, o solista entrará em seguida e, depois, a orquestra tocará novamente. Mas, durante o ensaio, quando terminou o solo, os músicos não entraram. Perguntei: ‘o que aconteceu?’ e todos estavam olhando encantados a introdução do concerto”, conta o maestro Fernando Ortiz. “O solista cativou a todos e o ensaio fluiu muito bem!”
Do próprio solista convidado, a expectativa também é grande. Além de ser a primeira vez em que ele se apresenta com a OSMB, será a segunda, após 10 anos, que ele toca o Concerto de Tchaikovsky. A primeira foi no programa Prelúdio, da TV Cultura, que reúne jovens instrumentistas em competições.
“No Prelúdio eu toquei apenas o primeiro movimento. E agora, após quase 10 anos, estou revendo o concerto, só que completo. Então está sendo tudo novo! Estou com uma expectativa nova para ver como vai ser, já que é um concerto muito difícil”, declarou Mizael durante sua primeira visita a Botucatu, para o ensaio, realizado no último dia 3.
O convite para ele se apresentar no Concerto de Natal veio do maestro Fernando Ortiz, que o conheceu pela internet e se encantou pelo trabalho do músico.
“Eu fiquei feliz em aceitar o convite pela oportunidade de tocar o concerto novamente – eu tenho uma admiração especial por essa obra -, pelo entusiasmo e pela vontade do maestro também. É muito legal trazer uma música desse nível para a orquestra, onde tem estudantes que podem se sentir desafiados, incentivados a estudar”, disse ainda Mizael horas antes do ensaio.
O Concerto de Natal com Tchaikovsky será o último do ano da OSMB. A apresentação não só encerra uma temporada de sucesso da orquestra como prepara o público para grandes novidades em 2019.

Luciana Faria | luciana.fagoncalves@gmail.com

Jornalista e atuou em Botucatu na editoria de cultura do jornal Diário da Serra. Trabalhou na assessoria de imprensa de órgãos culturais, como Mauricio de Sousa Produções, e editoras Escala e Nova Criação. Leia mais

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.