Fotos: Divulgação/Assessoria de Imprensa
O deputado Fernando Cury terá um encontro com o novo Secretário Estadual da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann Ferreira, na próxima semana para encaminhar os preparativos de instalação da Diretoria Regional de Saúde de Botucatu, que gerenciará o atendimento do SUS em hospitais e clinicas publicas das regiões de Avaré, Botucatu e Jaú. O encontro deve acontecer entre os dias 16 e 17.
Estamos aguardando a confirmação da agenda com o Secretário Germann. Vamos discutir os detalhes de instalação da nossa regional e também, com participação de autoridades médicas, mostrar a importância dessa regional, para melhorar o atendimento de saúde e a eficiência publica”, afirmou o deputado.
Por outro lado, Fernando Henrique Cury quer garantir recursos humanos e materiais à instalação da regional o mais rápido possível.
“Além das questões relacionadas à gestão de saúde que temos expertise, vamos mostrar para o Secretário de Saúde a importância da Regional da Saúde em Botucatu, por conta da existência no passado dessa regional que foi transferida para Bauru e dos serviços que são oferecidos pelos hospitais públicos da nova regional. Temos o apoio de 42 cidades para a nova regional”, afirmou em entrevista na Radio Clube FM,
No encontro de Jaú, foi discutida a migração de 11 cidades daquela região à nova DRS – Diretoria Regional de Saúde. Além de dirigentes de hospitais e vereadores da Cidade, também participaram lideranças do HCFMB de Botucatu.
Apesar de já ter sido aprovada e publicada no Diário Oficial do Estado, os defensores da nova regional de saúde, não descartam a possibilidade de o governador de São Paulo, João Dória Jr, suspender a instalação da nova sede.
“Essa nova regional vai atender aproximadamente 900 mil pessoas. Estamos trabalhando para que isso seja efetivado, pois a atual regional de Bauru atende quase dois milhões de pessoas. Vai permitir mais agilidade no atendimento e uso de recursos hospitalares. Todos sabem a demora de leitos e a falta de medicamentos constantes que temos”, observou o deputado, salientando a agilidade no atendimento que poderá ocorrer.
Fernando Cury salientou que a com a divisão a regional de Bauru/Lins ficará com aproximadamente 800 mil pessoas sob seus cuidados e a de Botucatu com cerca de 900 mil pessoas.
“Obvio que corremos o risco de o Governador não autorizar a instalação. Por isso vamos entregar um documento assinado por representantes de 42 cidades e lideranças comunitárias defendendo a nova regional e torcer para que haja a compreensão de que o assunto é técnico e não político”salientou o deputado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.