Rio Pardo, Mandacaru| Foto Sabesp

Pressão

Ambientalista da região Sul de São Paulo, principalmente nos municípios banhados pelos Rios Pardo e Paranapanema não estão satisfeitos com a ação da Prefeitura de Botucatu e Sabesp, para instalar uma barragem para abastecimento no município. Depois de ambientalistas de Santa Cruz do Rio Pardo, agora é a vez dos militantes de Ourinhos.
1ª Pagina do jornal O Debate

Ourinhos

No mais extremo município de São Paulo, na fronteira com o Paraná, o prefeito da cidade, estava planejando construir uma barragem para atender 112 mil habitantes de Ourinhos. O projeto, segundo a imprensa daquela cidade está em planejamento, mas o prefeito diz que poderá abandonar a ideia. “pois a barragem de Botucatu, vai tirar a água da cidade”.

Tudo legal

O prefeito de Botucatu Mário Pardini voltou a repetir que todos os licenciamentos para a efetivação da obra seguiu rituais normais e todos foram aprovados pelos órgãos de fiscalização ambiental e agencias reguladora, como Arsesp e até o Iphan. Ele acredita que o prazo de contestação da obra passou. “Vamos manter a vazão de um metro cúbico por segundo e o Rio Pardo não vai secar”.

Questionamentos

Rose Ielo – PDT
A vereadora de Botucatu Rose Ielo (PDT) aponta diversas situações que considera irregulares para a realização da obra de barragem. A vereadora da bancada oposicionista afirma que não é contra o abastecimento, mas ressalta que tem muita informação dada como certa, quando ainda não é.Ela cita a licença de operação que tem mais de 50 itens a serem cumpridas.

Sem novidades

Sem novidades no novo mandato do legislativo com Ednei Carreira (PSB). Os encaminhamentos sobre instalação de Comissão Processante contra o vereador Paulo Renato do Partido Social Cristão –PSC, por abandonar local de acidente antes da chegada da policia, segue nas ‘oitivas’. Na loja de moveis atingida pelo veiculo, segue um tapume de madeira. Vizinhos da loja brincam dizendo que já tem cupim naquele tapume.

Tem algo

Muitos eleitores de Bolsonaro esperavam uma pauta mais ‘positiva’ de governo em Botucatu. Nas rodas de conversas, inclusive as mais bolsonaristas, se comenta que os filhos do presidente mais atrapalham que ajudam, isso sem falar da “ministra talibã’ da Família, que a cada dia que passa vai se tornando ‘caricata’ e sem cor.

10%

Segundo levantamento preliminar, cerca de 10% das primeiras 500 pessoas que se inscreveram para os apartamentos do Conjunto Nova Cachoeirinha não conseguiram comprovar o que teriam declarado na inscrição. Eles serão substituídos pelos suplentes, conforme informou o prefeito Mário Pardini, a esta coluna.

Continua

Pardini e José Carlos Broto, secretário de Habitação, informaram que as apurações de eventuais tentativas de golpe no acesso a moradia própria vai continuar com os novos sorteios que serão realizados para mais 400 apartamentos do Nova Cachoeirinha. Quem conseguiu comprovar os dados declarados, já está sendo encaminhado para os trâmites da Caixa Econômica Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.