Chuva e calor

Tempos difíceis virão se a população de Botucatu, principalmente na área urbana, não redobrar os cuidados com a proliferação dos mosquitos que transmitem doenças como a dengue e febre amarela urbana, o Aedes aegytpi. Segundo levantamento em outubro/18, de cada 10 imóveis vistoriados, 1,4 tinha larvas do inseto. 80% dos criadouros encontrados estavam em recipientes de vasos, brinquedos, latas, potes e outros objetos que acumulam água. E não é que o pior aconteceu nos primeiros 15 dias de 2019. No Distrito de Vitoriana foi registrado um caso de dengue autóctone.

Pavor de Chuvas

Nos últimos dias os botucatuenses passaram a redobrar o temor pelas tempestades. Nos principais veículos de comunicação, assuntos relacionados à segurança e situação climática são as mais procuradas. Essa é uma tendência mundial, graças ao aumento dos fenômenos severos do tempo, como chuvas, tempestades e vendavais. Botucatu, por exemplo, em menos de 7 dias foi atingida por duas tempestades, uma no final de dezembro e outra no início de janeiro. Em 24 de novembro houve tragédias humanas e materiais na cidade.

Enxugar gelo

Dr Paulo Buchignani, Delegado da DISE | Foto Sidney Trovão

No ano passado, 350 pessoas foram presas por tráfico em Botucatu. Em termos de apreensão, os fornos da UNESP em Rubião Junior, queimaram por determinação da Justiça, cerca de 6 toneladas de drogas, principalmente maconha que foram apreendidas pela DISE, GCM, POM e Policia Rodoviária e ficou sob a guarda da Policia Civil. A segunda droga mais apreendida foi crack e a terceira foi cocaína. Ocorreram poucas prisões e apreensões de drogas sintéticas. Para o delegado Paulo Buchignani são necessárias leis e a aplicação das leis de forma mais rigorosa em relação ao problema do uso de drogas.

19 de março

Nomeado está, e no dia 19 de março de 2019, Monsenhor Carlos José de Oliveira, se tornará oficialmente Bispo Ordenado do Vaticano e, no dia 2 de abril, assume a Diocese do Norte do Paraná. Dom Carlos é o primeiro bispo nomeado pelo Vaticano, nascido em Botucatu, em 110 anos de existência da Diocese. Outros bispos de Botucatu eram na verdade de cidades da região ou atuavam na Arquidiocese.

Curiosidade

Catedral Metropolitana de Sant’Anna em Botucatu. | Foto da Arquidiocese Metropolitana

Em outubro passado, quando foi nomeado o primeiro bispo nascido em Botucatu, para comandar uma Diocese em Apucarana, a Diocese de Botucatu estava completando 110 anos de instalação. A Diocese de Botucatu foi criada em 7 de julho de 1908 e instalada oficialmente com a chegada do bispo D. Lucio Antunes de Souza, em 25 de outubro de 1908. Em 19 de abril de 1958, há 60 anos, foi criada a Arquidiocese Metropolitana, que faz fronteira com o Paraná e Mato Grosso do Sul.

10 anos

O Arcebispo de Botucatu Dom Mauricio Grotto de Camargo vai comemorar em fevereiro, 10 anos de atuação no comando da Diocese e Arquidiocese de Botucatu. D. Mauricio foi ordenado bispo de Botucatu, no dia 15 de fevereiro de 2009. Antes ele era bispo coadjutor de Assis e Administrador de Araçatuba.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.