Reitoria da Unesp, por volta das 9 da manhã | Foto Andrea Morato
A reunião do Conselho Universitário da Unesp definiu pelo pagamento do 13º salário em duas prestações: uma em um dos 28 dias de fevereiro e a ultima em algum dia de maio. As datas de pagamento serão definidas ao longo dos proximos dias.Centenas de servidores, docentes e alunos da Unesp, participaram na manhã desta terça-feira de um ato de protesto, durante a reunião do Conselho Universitário, órgão máximo da instituição, com representantes de docentes, servidores e alunos, deliberam sobre a gestão da universidade.
De Botucatu, segundo informou Rosana Bicudo, diretora do Sintunesp, cerca de 120 funcionários do Campus estiveram no ato e reunião do Conselho, que durou 8 horas e foi transmitido ao vivo pela webtv da Unesp.
O Campus de Botucatu é um dos maiores da Unesp e agrega uma folha de pagamento de 2,5 mil pessoas, que trabalham em três faculdades e alguns centros de pesquisas.
No Instituto de Biociências são 5 cursos de graduação, a Faculdade de Medicina e Enfermagem, com 2; a Faculdade de Ciências Agronômicas com 3 cursos de engenharia e a Faculdade Medicina Veterinária e Zootecnia, com 2 cursos.
São milhares de estudantes de graduação e pós graduação. Dados econômicos indicam que a Unesp é a maior distribuidora de riquezas na cidade, através do salário e serviços.

 

Comunicado oficial Indicação do Conselho Universitário sobre o 13º salário

O Conselho Universitário, em sessão extraordinária, aprovou nesta terça-feira (22) uma indicação de parcelamento do pagamento do 13º salário de 2018 aos servidores autárquicos.

Foi proposto que a quitação do débito ocorra em duas vezes, com a primeira parcela sendo paga até o final de fevereiro –50% do valor total– e a segunda em maio.

A proposta vencedora, que obteve 48 dos 75 votos dos conselheiros, agora vai ser avaliada pela equipe técnica da Reitoria e pela comissão de orçamento do Cade (Conselho de Administração e Desenvolvimento) para verificar se é exequível ou não.

Segundo o reitor da Unesp, Sandro Valentini, serão avaliadas as implicações orçamentárias e financeiras da proposta aprovada e é provável que no próximo Conselho Universitário, agendado para 14 de fevereiro, seja apresentada uma readequação orçamentária para 2019, com cortes no orçamento para quitar o pagamento do 13º salário de 2018 dos servidores autárquicos.

A proposta de parcelamento formulada pela comissão de orçamento da Unesp, que apresentava um parcelamento maior e não previa novos cortes de despesas, acabou sendo preterida durante a ampla discussão que ocorreu no Conselho Universitário, que durou quase oito horas.

1 COMENTÁRIO

  1. Não temos certeza ainda do pagamento pois a proposta será analisada pelo cade e conselho de orçamento da UNESP para ver se é possível pagar desta forma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.