Fernando ouve sugestões de profissionais da área de saúde em Jau
O deputado Fernando Cury (PPS) avalia que o processo de instalação da Regional de Saúde de Botucatu, vai contribuir para agilizar o atendimento médico na região, além de fortalecer a saúde publica nas cidades das regiões de Avaré, Jaú e Botucatu.
Na semana passada, com o cancelamento de uma audiência, houve quem interpretasse nos meios políticos de Botucatu e da região que o governador não estaria a favor da diretoria regional, mas os ‘Atos’ e ‘Decretos’ do Estado, no Diário Oficial, mostram abertura de vagas de chefias e dotação orçamentária para implantação da DRS XVIII.
Apesar do cancelamento de audiência com o Secretário de Saúde do Estado, José Henrique Germann Ferreira, há cerca de 15 dias, o deputado não crê em retrocesso na efetivação da regional. Ele destacou que apesar do cancelamento da reunião, o Diário Oficial do Estado, em duas oportunidades após o episódio, publicou atos e decretos da Secretaria, sinalizando o entendimento de que a Regional vai ser confirmada.
O primeiro decreto no Diário Oficial foi para destinar funcionários para a DRS XVIII, no dia 19 de janeiro e antes, no dia 11 de janeiro foi publicada alteração no quadro institucional da Secretaria de Saúde, no sistema de administração financeira e orçamentária do Estado, destinando recursos financeiros para funcionamento e instalação da unidade.
Não é descartada a possibilidade de o governador cancelar o Ato de Márcio França criando a regional, pois há movimentações políticas a favor e contra a proposta dessa regional e o deputado Fernando Cury reconhece que no momento têm muita pressão na viabilização do projeto.
“Apesar de não ter ocorrido o encontro, protocolei o apoio de 41 cidades da região defendendo a criação da regional, sob o ponto de vista técnico, demonstrando que agilizaríamos o atendimento de saúde na região e permitira celeridade no tratamento de doenças e compras de medicamentos”, sustentou.
Fernando Cury informou que das 42 cidades da futura regional, apenas o prefeito de Mineiros do Tietê, próximo a Barra Bonita, na região de Jaú, vem manifestando contrariedade em sair da Regional de Bauru. O entendimento é de que o prefeito da cidade tem boas relações com o ex-deputado Pedro Tobias.
“Estamos trabalhando para superar os obstáculos e trabalhando com diversas instituições médicas de Jau, como o Hospital Amaral Carvalho e a Santa Casa de Jaú, o Hospital de Avaré, a UNESP e o Hospital das Clinicas de Botucatu, todas com reconhecida contribuição na área da saúde no Estado e o Brasil”, salientou o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.