Fachada da lojas Havan tem semelhança com a Casa Branca
O proprietário da rede de lojas Havan, Luciano Hang deve visitar Botucatu até o final do mês de fevereiro, para fazer sua ultima oferta por um terreno na entrada da Cidade, onde ambiciona instalar uma filial da loja de departamentos de Santa Catarina. A informação foi dada pelo prefeito Mário Pardini, respondendo a um ouvinte a Radio Clube FM, sobre o andamento das negociações com as lojas Havan.
Luciano Hang têm ainda projeto para Botucatu em 2019, negocia um terreno na entrada da Cidade, pela Rodovia Castelinho, e tem prospecção em outras áreas às margens das rodovias estaduais ‘Castelinho’ e ‘Marechal Rondon”.
O terreno em negociação é o da antiga ‘JVC Eventos’ (onde eram realizados rodeios e shows), que ainda não foi comprada pela empresa de Brusque devido ao ‘alto’ preço desejado pelo atual proprietário. “Ele disse que é o mais alto entre os negociados no Estado”, adiantou o prefeito sobre o impasse da transação.
Pardini ressaltou que deseja muito ter a rede varejista para fortalecer o setor de comércio e serviços, o que mais emprega em Botucatu, oferecendo entre 150 e 300 empregos diretos na loja de departamentos.
O empresário está viajando e ao retornar do exterior, seu primeiro compromisso estratégico na empresa é visitar alguns municípios do Brasil para fechar a compra de grandes lotes de terra, em áreas próximas a rodovias para instalar a rede.
“Ele me disse que um dos primeiros municípios a visitar em São Paulo, depois de sua viagem do exterior será Botucatu.Vamos torcer para que tudo de certo”, respondeu Pardini ao ouvinte.

 

EMPENHADOS PELA HAVAN

O empresário catarinense tem declarado interesse por Botucatu. Desde o final de 2017, Luciano Hang e o Diretor de Expansão da loja, Nilton Hang,  estão negociando a área da JVC que deverá ter o derradeiro encontro nas próximas semanas.

Nessa movimentação, também está envolvido o ex-ministro Alexandre Baldy, atual Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, que pediu a loja para Botucatu, durante visita a obras do residencial Nova Cachoeirinha.

Pardini considera que a geração de emprego e renda, através de salários e serviços quando a loja estiver funcionando, trará ainda benefícios relacionados à arrecadação de impostos e tributos municipais, alem de movimentar clientes de cidades da região.

Na avaliação de Pardini acontecerá, inicialmente, o aquecimento do mercado de construção civil, do fornecimento de matéria prima para a obra até funcionários para construção do prédio; área de energia, hidráulica, serviços entre outros serviços especializados, existentes em Botucatu e região.

No final ano passado – 2018, o prefeito foi até Campinas, onde participou de uma das últimas inaugurações da rede, pois estava embargada, devido a conflitos da lei municipal com a enorme estátua, marca da rede. Pardini participou da inauguração da loja e ainda gravou um vídeo com Luciano Hang falando do desejo em ter uma loja em Botucatu, ainda em 2019.

 

(com Jornal Leia Noticias e Radio Clube FM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.