A Caio Induscar em Botucatu, desenvolve já há cerca de 15 anos, programas sociais e de qualificação profissional que beneficiam os funcionários, seus familiares e a comunidade, como, por exemplo, o Programa de Humanização da Empresa (PHE), que possui 18 frentes de atuação. Também possui programas voltados à inclusão social, como o Setor de Complemento de Peças, o Programa de Readaptação Profissional e o Programa de Capacitação específico para PCD. Nos últimos 10 anos, foram readaptados 419 colaboradores no Grupo Caio.
Focada na inclusão de pessoas com deficiência em seu quadro, a Caio implantou em abril de 2018, o Setor de Complemento de Peças, estruturado especialmente para receber funcionários com deficiência, montando itens que precisam ser interligados, para serem instalados nos veículos.
O local recebeu adaptações como rampas de acesso, amplas bancadas de trabalho e espaço de passagem maior, facilitando a locomoção, banheiros adaptados, próximos ao local de trabalho.
O Setor de Complemento de Peças realiza vários trabalhos que antes eram feitos na linha de produção, além de preparar funcionários que, ao destacarem-se, podem posteriormente ser inseridos em outros setores da empresa.
Segundo a assessoria de imprensa da Caio Induscar, já foram treinados e realocados vários funcionários para outros setores, como Pintura a Pó, Acabamento, Montagem, Ambulatório, Custos, Portaria, dentre outros.
Fabiano Rodrigues de Souza, com um ano na Caio Induscar, faz seis meses trabalha no setor de Tampas, área na qual realiza atividades como montagem do tampão traseiro e tampas retráteis dos ônibus.
“Devido às sequelas de acidentes, tinha dificuldade em arrumar emprego. A Caio confiou na minha força de vontade, me capacitando e renovando minha alegria de viver. Agradeço à empresa pela oportunidade. Sou tratado de forma igual no setor no qual trabalho e quero continuar me qualificando para poder crescer”, diz Fabiano.

BONS RESULTADOS NA
INCLUSÃO DOS DEFICIENTES

A Caio Induscar tem alcançado resultados muito satisfatórios com o Programa de Readaptação Profissional, que consiste em capacitar e reabilitar colaboradores afastados ou com problemas de saúde, que não podem, provisória ou permanentemente, exercer suas atividades anteriores, recolocando-os em novas atividades, garante a direção da empresa.
O funcionário além de ser treinado para exercer uma nova atividade na empresa, recebe o auxílio de uma equipe multidisciplinar, mesmo durante seu período de afastamento do local de trabalho, colaborando para sua reabilitação física, emocional e profissional.
Outra frente de ação para formação profissional é a criação do Curso de Assistente Técnico de Vendas, para PCDs, iniciado em fevereiro deste ano pela Caio, em parceria com o SENAI de Botucatu, que terá11 meses de duração.
Após a conclusão do curso, o profissional terá capacitação para prestar assistência à área de vendas, em conformidade com legislação, normas internas e procedimentos técnicos de qualidade, saúde, segurança e meio ambiente.
Os selecionados têm direito a remuneração, plano de saúde e transporte durante o curso, além de um ensino de qualidade, com professores capacitados, estrutura física e equipamentos, como teclados especiais, sistema específico para surdos etc.
“Formar cidadãos preparados para o futuro, promover a inclusão, oferecer oportunidades para todos sem distinção, é um compromisso perene da Caio. Faz parte da cultura da empresa abraçar causas sociais que gerem benefícios à sociedade. Queremos que esses projetos desenvolvidos na Caio evoluam e sejam multiplicados, ampliando cada vez mais ações em prol da qualificação e inclusão das pessoas. Estamos à disposição para compartilharmos nossos projetos sociais com outras empresas”, conclui a diretora de Recursos Humanos e Benefícios da Caio, Simonetta Pucciarini da Cunha.

(com assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.