Dória e o deputado Fernando Cury
Atualizado 23h30
O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, entregaram nesta quinta-feira (11) o novo Ambulatório de Especialidades no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), que conta com estruturas modernas e equipe altamente qualificada.
O prédio inaugurado tem 6 andares, 78 consultórios, um centro cirurgico de média complexidade e exigiu um investimento de R$ 55 milhões do Estado. O equipamento publico de saúde vai dar retaguarda para o HCFMB, nas áreas de oftalmologia, otorrinolaringologia, dermatologia e psiquiatria, além das clínicas médicas e cirúrgicas.
“Aqui nós temos o que há de mais moderno do ponto de vista ambulatorial, em equipamentos, em estrutura, em médicos, em enfermeiros e em gestão. São seis andares, 13 mil metros quadrados, um investimento que já está sendo colocado em prática e ajuda a resolver o problema ambulatorial não só de Botucatu, como de toda a região”, disse Doria.
Os serviços começaram em 11 de março. No primeiro mês de funcionamento, o ambulatório já realizou mais de 16 mil atendimentos.
“Com esse ambulatório totalmente moderno, o HC de Botucatu vai garantir mais conforto e qualidade no atendimento aos pacientes da região”, afirma o Secretário da Saúde.

PEDÁGIOS

Dória respondendo a questionamentos da imprensa, confirmou que a região de Botucatu vai ter um novo pedágio, na Rodovia Geraldo Barros. Os planos de custo da operação e o local ainda estão sendo definidos, mas o governador ressaltou que distancias menores, chamado ponto a ponto, terão cobrança fracionada.

SABESP

João Dória destacou que já cumpriu alguns compromissos com Botucatu, como por exemplo, a construção do novo reservatório no Rio Pardo, na região da Cachoeira do Véu de Noiva.
O governador defendeu novamente a privatização da empresa de abastecimento e saneamento, mas se recusou a dar detalhes, alegando que o processo está em andamento e qualquer declaração dele poderia causar problemas com operadores do mercado.

13º SALÁRIO

Durante seu pronunciamento, Dória contou que antes da solenidade, ao chegar ao novo prédio do Ambulatório, foi abordado por mulheres que reivindicavam posicionamento do governo em relação ao 13º salário atrasado desde o ano passado.
O Governador elogiou o tom da reivindicação e virou-se para o vice-reitor da UNESP Sergio Roberto Nobre e pediu que seja regularizado rapidamente os salários, argumentando que o “que é direito tem de ser cumprido e os servidores da UNESP não podem ficar sem salários devidos”. Dória também ressaltou que não há dinheiro novo para as universidades.

DEPUTADO

A solenidade foi extremamente rápida. Dória fez um pronunciamento de 10 minutos. Antes dele falaram o professor José Carlos Neiva, da superintendência do HCFMB, o Secretário da Saúde, José Henrique Germann Ferreira e o prefeito Mário Pardini. O deputado estadual Fernando Cury não falou na solenidade, mas foi citado pelo prefeito, que destacou o trabalho dele pela saúde na região.

CURCELLI

O Professor Emilio Curcelli, ex-dirigente da FMB, que iniciou o processo pela construção do novo ambulatório, era uma figura discreta, até o prefeito Mário Pardini citá-lo pelo trabalho naquela obra que estava sendo inaugurada. Curcelli, timidamente foi para a frente do palco montado e cumprimento a todos, menos o governador, por uma questão de localização, já que o prefeito estava na frente do governador.
Pardini quando percebeu falou no microfone. “Pode cumprimentar o Governador do outro lado”. Foi um dos momentos mais extrovertido da cerimônia. Curcelli e Dória se abraçaram e ficaram lado a lado. Antes também teve um lapso do professor José Carlos Trindade, que chamou o deputado estadual Fernando Cury de deputado federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.