Encontro do sindicato e gabinete da Prefeitura | Foto Divulgação Sindicato
A Prefeitura e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Botucatu (Sispumb) estiveram reunidos para discutir a pauta de negociação salarial, na ultima sexta-feira, 26. O encontro do presidente Fernando Pascussi e diretores da entidade de servidores com o Prefeito Mário Pardini (PSDB) e membros do governo analisou questões sobre índices de reajustes, cláusulas sociais e questões relacionados à progressão de carreiras.
O Prefeito Mário Pardini garantiu aos diretores que a reposição da inflação será feita, se possível, com algum ganho real.
“Meu compromisso firmado em 2017 está mantido, comigo o funcionalismo não terá perdas”, comenta o chefe do executivo.
Pardini destacou o empenho da atual Administração em cortar gastos, inclusive se aluguéis e instalar as secretarias em prédios públicos.
“Isso será feito e será revertido diretamente na reposição salarial. Cada R$ 1,5 milhão que economizarmos em alguma área representa 1% de reajuste de ganho real que pode ser dado aos servidores. Governar é elencar prioridades”, completou.
A progressão funcional também foi tema da reunião. O benefício criado na reforma estatutária de 2012 não está regulamentado e, de acordo com estudos preliminares de impacto financeiro, não tem possibilidade de ser implantado porque estouraria o teto de gastos da Lei de Responsabilidade Fiscal.
“Há um compromisso em aplicar o Benefício, caso seja inviável, vamos buscar outras forma em conjunto com o Sindicato”. finaliza Pardini.
O presidente do Sispumb, Fernando Pascussi, ressaltou que a categoria teve perdas durante mandatos passados e que a entidade mantém uma linha direta com o Prefeito Pardini.
“Estamos trabalhando para emplacar toda a pauta, foi apenas a primeira reunião e a segurança que o Prefeito nos dá em repor a inflação e trabalhar pela valorização dos servidores nos anima para buscar mais”, comenta Pascussi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.