Apagar as luzes quando não estamos na sala, diminuir o uso de papel, substituir copos e garrafas plásticas por materiais duráveis… São atitudes simples como essas que, ao serem praticadas no local de trabalho, podem fazer a diferença para o meio ambiente. E, a partir do mês de maio, a luta por sustentabilidade ganhou mais uma aliada.
Em busca de tornar a sede do Legislativo um lugar condizente com práticas recomendadas por órgãos como Município Verde Azul, ONU e Ministério do Meio Ambiente, além da Política Nacional de Resíduos, a Câmara Municipal de Botucatu lançou neste 7 de maio o Programa Interno de Sustentabilidade.
O novo projeto visa à adoção de medidas para reduzir a geração de resíduos e o gasto desnecessário de recursos, além de conscientizar os servidores, vereadores e população que frequenta o prédio sobre o quanto é importante cada um fazer o seu papel.
“Já vínhamos adotando medidas para tornar o Legislativo um ambiente mais sustentável, por exemplo, a implantação do sistema de captação e reuso da água da chuva em 2017. Agora oficializamos esse objetivo e ampliamos nossa área de atuação, honrando nosso compromisso com a responsabilidade social”, fala a diretora administrativa, Silmara Ferrari de Barros.
No lançamento do programa, servidores e vereadores receberam canecas e squeezes para serem utilizados no lugar dos copos e garrafas plásticas.
Além disso, a partir desta terça-feira, a Câmara passa a contar com coleta seletiva de lixo, políticas de reutilização de materiais como papel, cartazes informativos e pequenos recados, como “apague a luz ao sair”, que não deixam ninguém esquecer que o cuidado com o meio ambiente tem que ser diário.

 

(da assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.