Retirada de entulho na regiao Norte de Botucatu, em Maio
Os bairros da região Sul de Botucatu, composto pelos bairros, Jardim Aeroporto, Residencial Cedro, Jardim Santa Cecília e Mutirão receberam o programa “Botucatu: Todos Contra a Dengue” nos dias 7 e 8 de junho. Agentes de combate às endemias visitaram 616 imóveis dos 4 bairros e 1,78% deles possuíam larvas do Aedes aegypti.
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, ao todo, 30 caminhões de materiais inertes foram retirados dos bairros nos dois dias pelos caminhões da Prefeitura por equipes de servidores municipais e voluntários.
A escolha dos bairros se deu justamente após o registro de casos de dengue na região e a existência de outros suspeitos que ainda podem ser confirmados.
Outro fator que colaborou para a escolha é o levantamento de densidade larvária, realizado pela Vigilância Ambiental do Município, que apontou a maior necessidade de intervenção nessa localidade.
“Além do combate aos criadouros e do recolhimento dos materiais inservíveis, orientamos a população para que colabore e continue atuando a fim de evitar a proliferação do mosquito transmissor. Assim vamos evitar uma epidemia de dengue”, afirma Valdinei Campanucci, Supervisor de Serviços de Saúde Ambiental e Animal.
É importante que a população continue atenta, não deixando recipientes com água parada sem a manutenção adequada. Pratos de plantas, latas e potes utilizáveis, brinquedos, bebedouros de consumo animal, ralos, calhas, materiais inservíveis (latas e potes não utilizáveis, plásticos, materiais de construção) são os principais criadouros de mosquitos detectados nos imóveis.
A Prefeitura divulgará, em breve, novos bairros que receberão o programa “Botucatu: Todos Contra a Dengue” nas próximas semanas.
Corpo de Bombeiros, Polícias Militar e Civil, Guarda Civil Municipal, Sabesp, CPFL e a Transportadora Phenix apoiam o programa “Botucatu: Todos Contra a Dengue”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.