Na quinta-feira, 27, a Prefeitura de Botucatu e a Construtora Pacaembu fizeram o assentamento da ‘pedra fundamental’ da Unidade Básica de Saúde do Residencial Caimã, em Rubião Junior. A cerimônia aconteceu às 9h, na Rua Antonio Madureira, 580. As obras efetivamente começam na segunda-feira, dia Primeiro de Julho e deve demorar 9 meses para ser concluida.
A construção da UBS segue a tendência implantada na gestão do atual prefeito Mário Pardini, de envolver as construtoras, na contrapartida social, dando a mão de obra para a construção de escolas de tempo integral e unidades de saúde.
Segundo o Prefeito Mário Pardini a ideia é atenuar o impacto social que provoca um empreendimento grande como o Caimã.
“A Pacaembu fez o Residencial Caimã e agora conversando com os proprietários eles entenderam essa tendência de Botucatu, de que empreiteira que faz conjuntos habitacionais na cidade, tem de fazer uma escola de tempo integral ou posto de saúde. Já iniciamos a escola de tempo integral e agora vamos começar o posto de saúde”.
A UBS do Caimã vai atender toda a região do novo bairro e também Jardins Dona Marta, Santo Inácio entre outros bairros.
Era uma antiga reivindicação dos moradores do Distrito de Rubião, melhoria no atendimento à saúde.
“Na próxima segunda-feira, (dia 1º), segundo a construtora começa a movimentação de solo e a mobilização de equipamentos para iniciar de fato a obra de construção do prédio”, adiantou.
A Unidade terá 325,30 m² construídos, com direito a 3 consultórios médicos, consultório odontológico, salas de inalação, observação, vacinas e curativos e estacionamento, que vão beneficiar também moradores do Nova Esperança, Jardim Dona Marta, Jardim Botucatu e outros bairros de Rubião Júnior.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.