Aproveitando o clima esportivo presente em Botucatu por conta da realização da 63ª edição dos Jogos Regionais, o Museu Histórico e Pedagógico “Francisco Blasi” traz a Exposição “A bola”. A mostra é formada por obras em acrílico sobre tela, fotografias e textos do artista e curador Alemberg Quindins.
    • A mostra “A bola” ficará em exposição do dia 15 de julho a 24 de agosto.
    • O MuHP também abriga a exposição “Memória do Futebol amador de Botucatu”
    • Veja no MuHP a bola da Copa de 1970, autografada por Pelé, Zé Maria (Jogador de Botucatu), Rivelino, Tostão e todo o time Tricampeão do Mundo no México.
Neste projeto, Alemberg Quindins reverencia a bola na infância, que é a protagonista dentro de um campo de futebol, levando tristeza para uns e trazendo alegria para outros. A bola perpassa tela a tela, interligando cenas e contando histórias, como as contas que correm em um cordão na ladainha de um rosário.
O universo visual tem como ambiente a década de 70, quando o artista gostava de ouvir os jogos pelo rádio, ver as imagens através da revista Placar e do Canal 100, cinejornal que passava antes dos filmes nas sessões de cinema.
Nas telas, a bola se apresenta em três dimensões: com volume na sombreada Telstar, em lances documentados por fotógrafos da época e em uma torcida naïf, presente nos desenhos de criança do autor, quando publicava revistinhas desportivas artesanais como repórter de campo de várzea.
O Museu Histórico e Pedagógico funciona de segunda a sábado, das 9h às 18 horas, exceto nas sextas-feiras, quando fica aberto até às 20 horas. A entrada é franca.

 

(da assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.