Rui Vicenzi (presidente da Abraveq), Armen Thomassian, Luis Claudio Lopes C. Silva (ex-aluno e ex-residente da FMVZ/Unesp e atual professor da FMVZ/Usp) e José Paes Oliveira Filho (professor da FMVZ/Unesp e Diretor Científico da Abraveq). (Da esquerda para direita)
Durante a XX Conferência Anual da Abraveq (Associação Brasileira dos Médicos Veterinários de Equideos)realizada em São Paulo, de 05 a 07 de julho, o professor Armen Thomassian, Professor Emérito da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp, câmpus de Botucatu, foi homenageado pela dedicação, competência e espírito visionário que elevou a profissão, sobretudo na Medicina Equina.
Docente aposentado do Departamento de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária da FMVZ, o professor Thomassian integra a Comissão de Acreditação da Abraveq, órgão que visa valorizar o Médico Veterinário de Equideos.

TRAJETORIA

Armen Thomassian formou-se em Medicina Veterinária pela Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (FCMBB) em 1972. Ingressou na FMVZ como auxiliar de ensino em 1975 no Departamento de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária. Realizou mestrado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1979 e doutorado em Medicina Veterinária pela Unesp em 1986.
Chegou a professor Titular da FMVZ. Atuou na área de Cirurgia de Grandes Animais, com ênfase em Medicina e Cirurgia em Equinos, atuando principalmente nos seguintes temas: Equinos, Aparelho Digestório, Aparelho Respiratório, Aparelho Locomotor, Medicina Esportiva Equina, Pós-Graduação.
Aposentado desde agosto de 2007, atua como palestrante e conferencista em eventos nacionais. É membro do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária; Associação Brasileira de Médicos Veterinários de Equídeos (Abraveq) e acadêmico da Academia Paulista de Medicina Veterinária (Apamvet).
(da assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.