A empresa selecionada para a construção do Parque Linear de Botucatu vai começar nos próximos dias, segundo informou o prefeito Mário Pardini. Todos os documentos para início do serviço pela empresa contratada em licitação pública estavam prontas, mas a Administração aguardava o último documento, que foi apresentado pela Caixa Econômica Federal na ultima sexta-feira. A obra está orçada em R$ 12 milhões.
“Conseguimos desembaraçar a ultima etapa dos documentos para inicio das obras do Parque Linear. Na sexta-feira a Caixa Econômica Federal de Bauru informou que foi liberado o auto de implantação de obras, ultimo documento que aguardávamos para iniciarmos essa obra que vai mudar a cara da região do Lavapés”, informou o prefeito Mário Pardini.
As obras de construção e adequação do Parque Linear vão durar aproximadamente 18 meses e deve ainda ter 4 pontes derrubadas e reconstruídas mais altas, para evitar transbordamentos, entre o bairro do Lavapés e o Mercado Municipal.
“Nesta semana ou no inicio da próxima, já teremos movimentações de caminhões e maquinas no Ribeirão Lavapés para a realização das obras que são necessárias para evitar enchentes naquela região e também oferecer uma área de lazer e práticas esportivas na cidade. Serão dois quilômetros de parque linear às margens do Lavapés”, observou o prefeito.
A prefeitura, através da construtora contratada, vai construir áreas de lazer e esportes coletivos, como quadras poliesportivas, áreas de caminhadas, academias ao ar livre e pista de caminhada. Serão 2,1 quilômetros de margens do Lavapés completamente revitalizadas para uso comum e práticas de lazer.
“Aquela região da cidade merece um equipamento como esse, considerando grande crescimento que temos visto na região Sul da cidade”, observou o chefe do executivo.
As pontes que serão derrubadas e reconstruídas são as que ficam nas ruas Coronel Fernando Prestes com Rangel Pestana, Rua Emilio Cani, Rua Adolpho Lutz e Antonio Bernardes.
Essas pontes são baixas e constantemente ocorrem alagamentos e transbordamentos. Aumentando a altura da ponte, esse problema deixaria de existir e melhoraria o fluxo das águas.

 

(com informações da Radio Clube FM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.