Foto: Albert Harlingue | Musée Rodin
No dia 3 de agosto, vai ser aberta oficialmente a Pinacoteca Estadual de Botucatu, inaugurada em maio de 2018, pelo ex-governador Geraldo Alckmin. Uma exposição com obras e fotos de Auguste Rodin, patrocinada pela CPFL, que foi exposta no primeiro semestre em Campinas. São dezenas de fotos e obras do artista francês que ficarão expostas até o final do ano.
Colocar a Pinacoteca em funcionamento foi um esforço iniciado há cerca de 8 anos e que enfrentou problemas com empreiteiras que suspenderam obras e enfrentaram problemas para recompor o prédio, como formulado pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo.
Mário Pardini, prefeito de Botucatu lembrou que, como a maioria das obras de reconstrução houve muito trabalho e foi necessário inclusive acionar algumas empresas judicialmente para concluir como deveria o projeto original de Ramos de Azevedo.
“De maio de 2018 até agora trabalhamos para resolver detalhes de obras, tivemos de acionar algumas empresas que passaram pelas obras da Pinacoteca, que deixaram serviço para trás, inclusive acionando judicialmente. Algumas questões de detalhes da obra fizemos com mão de obra própria”, destacou o prefeito.
Para concluir o projeto a Prefeitura e a Secretaria de Cultura do Município buscaram parceria com a iniciativa privada, tendo conquistado o apoio de empresas como CPFL, Duratex, Eucatex, Sabesp e a Caio Induscar.
“Existe aporte financeiro no patrocínio do projeto da Pinacoteca de Botucatu feito pela Sabesp, CPFL – que patrocina a exposição de Rodin, a Eucatex, Duratex, Caio Induscar, além de recursos públicos do Município e Estado. Com esse esforço que começou na gestão do ex-prefeito João Cury, a gente consegue informar a população com muita alegria, sobre a abertura no dia 3 de agosto, um sábado pela manha, da nossa Pinacoteca”.
Pardini destacou que o serviço oferecido na Pinacoteca vai atender o botucatuense e os turistas da região e do Estado.
“Recebemos muitos turistas em Botucatu, são pessoas de todo o Estado e da Região Centro Oeste. Vamos ter todo ano, no mínimo em seis meses, uma exposição original da Pinacoteca de São Paulo, um dos maiores acervos do Brasil, em Botucatu e no outro período a nossa equipe, a Claudia e a Cris Cury vão buscar soluções em outros museus do Pais, para completar os 12 meses do ano”.

OSS

Para abrir a Pinacoteca a Prefeitura dez um chamamento publico para contratar uma organização social de cultura, específica para atender a demanda de obras de arte. Esse procedimento está sendo concluído, conforme informou o prefeito Mário Pardini e deverá ser concluído até o final do ano.
“Para abrir esse espaço cultural, a prefeitura está fazendo uma força tarefa com servidores, mas já temos uma OS – Organização Social que já foi qualificada. Temos de fazer o chamamento publico para que ela esteja apta a gerenciar a Pinacoteca, necessitando de profissionais qualificados que não temos no quadro da prefeitura. Em breve teremos esses servidores através dessa parceria com o terceiro setor”, destacou o prefeito.

(com Radio Clube FM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.