O serviço de construção do Parque Linear do Lavapés começou com a empreiteira contratada executando o trabalho de melhoria do fluxo das águas do Lavapés, instalando contenções de gabiões do ribeirão. Conforme explicou o prefeito Mário Pardini a primeira fase do trabalho é a instalação dos gabiões na calha e nas margens do ribeirão.
Em menos de 15 dias a empreiteira que executa os serviços preparou aproximadamente 100 metros lineares de onde retirou galhos e árvores que estavam caídas dentro do ribeirão e feito a adequação das margens com os gabiões (estruturas de pedras contidas em ferragens). A previsão de conclusão da obra é de 18 meses e o investimento será de R$ 12 milhões
A empresa que está fazendo o serviço já instalou nos últimos dias sessenta metros lineares de gabiões. Eles estão preparando a estrutura do leito e das margens do ribeirão para depois virmos com a urbanização e a instalação dos equipamentos de uso da coletividade. Apesar de ter sido iniciado há pouco tempo, alguns moradores do Lavapés comentaram comigo que o serviço está impressionando pela rapidez que vem sendo realizado”, observou o prefeito.
Essa contenção com gabiões é necessária para aumentar a estrutura de segurança das margens do ribeirão Lavapés e recuperar algumas áreas onde o leito invadiu propriedades. Os gabiões serão instalados na maior parte do ribeirão, entre a Praça da Juventude e a Rua Visconde do Rio Branco.
“É necessário proteger e reforçar as margens do Lavapés, para depois executarmos o serviço de instalação da ciclovia, quadras poliesportivas e também para proteger as propriedades lindeiras que em muitos casos estão sendo prejudicadas pelo assoreamento e invasão de terrenos dos imóveis, devido à força das águas e acúmulo de entulho em dias chuvosos, aumentando a segurança dos moradores da região”, explicou o Secretário de Infraestrutura André Peres.
Antes de fazer o Parque, haverá ainda a necessidade de elevar 4 pontes nas Ruas Fernando Prestes, Emilio Cani, Adolfo Lutz e Antonio Bernardes.
“Essa elevação das pontes será necessária para melhorar o fluxo de água e evitarmos alagamentos como vem acontecendo nos últimos tempos (na região da Vila Jardim e Vila Rodrigues)”, destacou o secretário e vice-prefeito André Peres.
Após as obras dentro e nas margens do Lavapés pela empreiteira, os servidores da Prefeitura de Botucatu iniciarão a formatação do Parque Linear, com a construção de pista de ciclovia, academias ao ar livre, pistas de caminhada, solares e outros equipamentos para uso da coletividade.
“Optamos na Administração por construirmos os equipamentos públicos do Parque Linear com mão de obra da Prefeitura, nossos servidores da Secretaria de Infraestrutura, ficando o custo final do serviço mais em conta para o nosso orçamento”,destacou Peres.

 

(Com Radio Clube FM e Leia Noticias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.