Na última segunda-feira, 29, os participantes do Programa Botucatu em Frente finalizaram a primeira formação oferecida pela Prefeitura. O programa é uma frente de trabalho coordenada pelas Secretarias de Assistência Social e Desenvolvimento, e pelo Fundo Social, que promove também qualificação profissional e renda para pessoas atendidas pelos Centros de Referência a Assistência Social, CRAS, de Botucatu.
Os 33 alunos, que aprenderam noções de instalações elétricas residenciais durante o curso de 50 horas, já cumprem jornadas de 30 horas semanais na zeladoria do município e recebem bolsa-auxílio no valor de R$ 500, auxílio alimentação mensal, acesso à qualificação profissional, seguro em caso de acidente e continuam sendo acompanhados pelos CRAS.
“Nosso principal objetivo com esse Programa é reinserir essas pessoas no mercado de trabalho e assim contribuir para uma melhor qualidade de vida deles. Já tivemos alguns que começaram conosco e por se destacarem já ingressaram em outras empresas da Cidade, o que nos deixa muito feliz. Creio que este seja um dos projetos mais importantes desenvolvidos pela Prefeitura”, afirmou o Prefeito Mário Pardini, que participou da entrega dos certificados na última segunda.
Participaram também da entrega os Secretários Municipais de Relações Institucionais, Junot de Lara Carvalho, de Assistência Social, Silvia Fumes, a Presidente do Fundo Social, Pida Pardini, e o diretor pedagógico da Exclusive, escola que aplicou a qualificação, Rodrigo Sanches.
Um dos alunos beneficiados com a formação foi José Carlos Aparecido Pereira, que após receber das mãos do Prefeito Pardini seu certificado disse:“Hoje, aos 55 anos, no dia do meu aniversário, consegui o primeiro Certificado de toda minha vida, graças ao Programa Botucatu em Frente. Tenho certeza que é o começo de um novo tempo para mim”.
Maria de Lurdes Ferreira Candido, a “Lurdinha”, também expressou sua gratidão ao finalizar o curso de eletricista residencial promovido pelo Programa Botucatu em Frente.
“Estou há três anos desempregada e essa oportunidade que a Prefeitura nos ofereceu me deu uma nova esperança. Tenho três filhas para cuidar em casa e agora tenho melhores condições para isso”, disse Maria de Lurdes.

Criação de vagas de emprego

O Programa Botucatu em Frente é apenas uma das iniciativas que a Prefeitura de Botucatu desenvolve em busca de criar novas oportunidades de emprego.
Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, CAGED, produzido pela Secretaria Nacional do Trabalho, no primeiro semestre de 2019 Botucatu criou 1.083 novos postos de emprego. O resultado soma variação positiva de 11,59% no semestre, desempenho melhor que o registrado pelo Estado de São Paulo (+ 5,77) e pelo País (+4,67).
Botucatu foi a 2ª cidade que mais criou postos de emprego no Estado de São Paulo em 2018 entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, segundo o próprio CAGED. Foram 2.271 novos empregos entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do último ano, resultado que também fez o Município ser o 34º que mais empregou em todo o País.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.