O governo português assinou um contrato com a Embraer para a aquisição de 5 aeronaves de transporte aéreo KC-390 em uma cerimônia realizada nas instalações da Embraer em Évora, nesta quinta-feira,22 de agosto. As entregas estão programadas para começar em 2023. Segundo a imprensa de Portugal, o governo da Hungria está analisando a possibilidade de também encomendar o KC 390.
O contrato inclui também serviços e apoio e um simulador de voo como parte do processo de modernização das capacidades da Força Aérea Portuguesa para apoiar as operações das Forças Armadas nacionais e aumentar a prontidão nas missões de interesse público.
O KC-390 é o maior avião desenvolvido pela industria aeroespacial brasileira e foi projetado para estabelecer novos padrões de eficiência e produtividade em sua categoria, ao mesmo tempo em que apresenta o menor custo do ciclo de vida do mercado.
Portugal é o maior parceiro da Embraer no desenvolvimento do avião, através da Ogma-Embraer, em Évora. As aeronaves cumprem integralmente os requisitos da Força Aérea Portuguesa, podendo executar diferentes tipos de missões militares e civis, incluindo apoio humanitário, evacuação médica, busca e salvamento, combate a incêndios, carga superior e transporte de tropas, entrega aérea e capacidade de reabastecimento aéreo.
O anuncio feito entre a Embraer Defesa e Segurança e o Governo de Portugal é a primeira venda internacional do KC 390 da Embraer.
Os primeiros aviões do modelo estão programados para serem entregues á Força Aérea Brasileira em 4 de setembro, segundo divulgou o site Airway, na Base Aérea de Anápolis, que ficará responsável pela operação das aeronaves.
A Embraer desenvolveu o modelo em parceria com empresas da Argentina, Portugal e República Tcheca em dez anos. A Força Aérea Brasileira vai receber 28 aeronaves até o final de 2024.
Na região a Embraer tem unidades em Botucatu, Sorocaba e Gavião Peixoto, próximo a Araraquara. Em Botucatu são produzidas as estruturas dos aviões da Embraer e montado o avião Ipanema, lider brasileiro no setor agrícola. Cerca de 1,8 mil pessoas trabalham na fábrica.
Fotos: Embraer e FAB

 

Na

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.