Os trabalhadores da saúde têm um risco maior de exposição ao Sarampo e de transmissão do vírus a pessoas que potencialmente podem evoluir com agravamento e complicações.
Todos devem ter duas doses da vacina SCR – tríplice viral contra Sarampo, Caxumba e Rubéola. É fundamental a revisão imediata da situação vacinal para o Sarampo de todos os profissionais de saúde da cidade e a vacinação dos trabalhadores sem evidência de imunidade.
Em Botucatu são milhares de profissionais da área de saúde que estão sendo convidados a tomarem a vacina contra o sarampo e a triplice Viral.
O Sarampo é uma doença grave causada por um vírus e altamente contagiosa. É transmitido da mesma forma que o vírus da gripe, de pessoa para pessoa, através do contato direto (aperto de mão) e pelo ar (tosse e espirros). O vírus pode ficar no ar ou em superfícies por horas.
A vacina tríplice viral, que protege contra Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR), é a única forma de prevenir a ocorrência destas doenças na população.
Não existe tratamento específico contra o vírus do Sarampo, apenas sintomático e com antibióticos que podem ser prescritos pelo médico para tratar infecções nos olhos e ouvidos, bem como a pneumonia.

Principais sinais e sintomas do Sarampo:

Febre alta, acima de 38,5°C;
Dor de cabeça;
Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo.
Tosse persistente;
Coriza (corrimento no nariz);
Irritação nos olhos e conjuntivite;
Manchas brancas que aparecem dentro da bochecha;
Mal-estar extremo.

COMPLICAÇÕES

Casos graves de Sarampo podem ter complicações como pneumonia e encefalite e ainda consequências que afetam a pessoa para o resto da vida, como cegueira, perda auditiva e danos cerebrais permanentes.
Apesar de existir uma vacina segura, o Sarampo ainda causa mais de 100 mil mortes por ano no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).
No Brasil, a doença havia sido completamente erradicada em 2016, mas voltou em 2018 devido à diminuição da cobertura de vacinação.

 

(Com assessoria)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.