O Serviço de Geriatria e o Núcleo de Eventos Científicos do Departamento de Gestão de Atividades Acadêmicas (DGAA) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) promovem, nos dias 2 e 3 de outubro, o I Simpósio de Geriatria da instituição.

Este evento será realizado no Salão Nobre da FMB das 18h às 22h, nos dois dias, e tem o objetivo de atualizar as equipes multiprofissionais de saúde sobre temas relacionados à geriatria, como: fragilidade, sarcopenia (perda de massa e força muscular), doenças mentais e planejamento antecipado de cuidados.

Segundo o Censo de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a proporção de idosos acima dos 65 anos era de 7,32% e, em 2018, passou a ser de 9,22%. Estima-se que, em 2060, esse percentual chegará a mais de 25%. De acordo com Dr.ª Vania Ferreira de Sá Mayoral, médica do Serviço de Geriatria do HCFMB, foi a partir de dados como estes que surgiu a ideia da realização do Simpósio.

“O envelhecimento é um fenômeno mundial, acompanhado do aumento na prevalência de doenças crônicas e incapacitantes. A área de Geriatria deve estar alinhada com as diversas especialidades para que seja oferecido um tratamento multidisciplinar, pois o perfil clínico da pessoa idosa se caracteriza pela necessidade de abordagem com vários profissionais e não somente com o Geriatra. Foi pensando nisso que, com o Dr. Paulo Villas Boas e o Dr. Rafael Thomazi [médicos do Serviço], vimos a necessidade de compartilhar estes assuntos para desenvolvermos estratégias de cuidados a nossos idosos”, afirma.

As inscrições e participação no evento tem custo e podem ser feitas até o dia 30 de setembro pelos sites: http://www.inscricoes.fmb.unesp.br/hcfmb (aba I Simpósio de Geriatria) ou www.hcfmb.unesp.br/eventos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3811-6160 ou pelo e-mail eventosdgaa.hcfmb@unesp.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.