Pascussi é presidente do Sindicato dos Servidores Municipais
Depois da decisão de entrar na Justiça defendendo a continuidade do pagamento do Vale Alimentação para mais de 480 servidores aposentados e pensionistas, tomada na ultima sexta-feira, 5, a Prefeitura de Botucatu vai mobilizar a Secretaria de Assistência Social, para identificar quem são os aposentados e pensionistas que estão enfrentando problemas financeiros.
Nesta segunda-feira, 7, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Fernando Pascussi, o prefeito Mário Pardini e a Secretária Silvia Fumes Carvalho, discutiram o encaminhamento da demanda. Hoje, terça-feira, dia 8, haverá um encontro de aposentados e pensionistas no Teatro Municipal para discutir o assunto.
Segundo o prefeito Mário Pardini, existem servidores aposentados que recebem menos de 2 mil mensais e os valores entre R$ 590 e R$ 690 pagos no Vale Alimentação, seriam complementos que significam entre 35 e 40% do salário, indicando que o valor vai fazer falta no final do mês, inclusive para a sobrevivência do aposentado ou pensionista.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Botucatu, neste mês de outubro os servidores que serão atingidos com o corte no Vale Alimentação, por determinação do Tribunal de Contas do Estado, não foram atingidos, devido o pagamento ter sido feito antes da divulgação oficial da decisão enquadrando a administração.
“Neste mês de outubro, não teremos problemas com as famílias que serão prejudicadas com o corte, mas temos de encontrar uma solução até o próximo pagamento, pois felizmente em outubro os servidores já receberam os pagamentos”, comentou Pascussi.
O prefeito Mário Pardini contou que nenhum servidor aposentado ou pensionista vai ficar sem receber os valores que tem direito, pois o Município entende que o vale existiu na condição de reajuste salarial implantado no inicio dos anos 2000.
“Já estamos em entendimento para repassarmos os valores de forma integral para os servidores aposentados e pensionistas. Ninguém vai ficar sem receber o recurso, seja de R$ 590 ou 690, de acordo com o direito estabelecido. Vamos colocar esses valores no Vale Saúde”, comentou.

REUNIÃO NO TEATRO MUNICIPAL

Nesta terça-feira, 8, a partir das 9 da manhã, o Sindicato dos Servidores Municipais vai realizar um encontro com os aposentados e pensionistas no Teatro Municipal, no Paratodos, onde vai ser explicada a situação do Município e as implicações judiciais caso a administração continue pagando o beneficio.
“Estamos convidando todos os aposentados e pensionistas para o encontro, onde vamos apresentar as ações que estamos fazendo e buscando uma solução. O prefeito vai participar, explicando que ele manterá o beneficio, mas nos resta encontrar um meio termo para regularizar o pagamento, pois entendemos que o Vale é salário, conforme ajuste em 2003, no famoso se vira nos 30 e depois com o vale subindo para cem reais e assim sucessivamente”, comentou Pascussi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.